Banner
Banner

Banner
Banner
Banner
Banner

Banner
Banner
Página Principal

SEMA

Sema empossa conselheiros para unidades de conservação das cabeceiras do rio Cuiabá

Publicado em: Qua, 24 de Outubro de 2018 17:31

Juliana Carvalho

WhatsApp_Image_2018-10-22_at_13.00.01

 

Os conselheiros que irão promover a gestão compartilhada das unidades de conservação de Área de Proteção Ambiental Estadual Cabeceiras do Rio Cuiabá e Parque Estadual Águas do Cuiabá foram empossados pela Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema).

 

O grupo de 18 representantes do poder público e da sociedade civil organizada se reunirá ao menos quatro vezes ao ano para deliberar sobre ações para implantação da unidade, estabelecer parcerias para pesquisa e buscar compatibilização dos interesses dos diversos segmentos sociais relacionados com as mesmas.

O gerente das duas unidades e presidente do Conselho Consultivo, Ademir de Figueiredo comemora a efetivação do órgão colegiado: "Após quase 20 anos da criação da APA Cabeceiras do Rio Cuiabá, obtivemos esse grande avanço para a região". Durante a posse dos conselheiros, que ocorreu na última sexta-feira (19) na Câmara Municipal dos Vereadores de Rosário Oeste, também foi aprovado o regimento interno do conselho. A próxima reunião será no 21 de janeiro de 2019 no município de Nobres.

Para o secretário de Estado de Meio Ambiente, André Baby, a posse dos conselheiros cumpre mais uma etapa em estabelecer o elo entre poder público e sociedade para gestão das unidades de conservação, uma vez que o meio ambiente é um direito, mas também um dever de todos. "Estamos sistematicamente estruturando e efetivando os conselhos consultivos das nossas unidades de conservação para que o cidadão mato-grossense possa desfrutar dessas áreas, estabelecendo contato e diálogo com a natureza", finaliza.

Representando o poder público, integram o conselho profissionais da Sema, das prefeituras de Nova Brasilândia, Rosário Oeste, Nobres e Santa Rita do Trivelato. O Batalhão de Política Militar de Proteção Ambiental, Fundação Nacional do Índio, Departamento de Água e Esgoto de Rosário Oeste e Universidade Federal também compõem o grupo. Já os representantes da sociedade civil organizada são: Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Rosário Oeste, Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Nova Brasilândia, Federação de Pescadores e Aquicultores do Estado de Mato Grosso (Fepesc), Associação de Proteção a Vida e Meio Ambiente (APVA), SESC Serra Azul, indígenas representantes da Etnia Bakairi, Associação da Região da Serra Azul, Fórum Nacional da Sociedade Civil nos Comitês de Bacias Hidrográficas (FONASC.CBH) e Sindicato dos Trabalhadores do Serviço Público de Rosário Oeste (SINTSPROESTE).

A Área de Proteção Ambiental Cabeceiras do Rio Cuiabá é uma unidade de conservação do tipo uso sustentável e foi criada em 1999, abrangendo uma região de 473 mil hectares nos municípios de Rosário Oeste, Nobres, Nova Brasilândia e Santa Rita do Trivelato. O objetivo da unidade é preservação dos  recursos hídricos, em particular o sistema hidrográfico dos Rios Alto Cuiabá, Teles Pires e Juruena e das paisagens e elementos cênicos formados pelas Serras Azul, do Morro Selado, Santa Rita e do Cuiabá.

Já o Parque Estadual das Águas do Cuiabá foi criado em 2002 em uma área de pouco mais de 10 mil hectares nos municípios de Nobres e Rosário Oeste. A unidade é do tipo proteção integral, ou seja, tem como objetivo principal preservar a natureza, sendo admitido apenas o uso indireto dos seus recursos naturais, com exceção dos casos previstos em lei, tais como em projetos educacionais, de pesquisa e turismo sustentável.

Voltar  |  Principal
Disque Denúncia
SEMA-MT

Telefone: (65) 3613-7200

Palácio Paiaguás, Rua C, CEP: 78.049-913 - Cuiabá - Mato Grosso

CNPJ: 03.507.415/0023-50